Resenha: A Sereia - Kiera Cass

16:17

Livro: A Sereia 
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
N° de páginas: 328


Sinopse: Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair as pessoas para se afogarem no mar. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo o que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar — pois a voz da sereia é fatal —, logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandonar Akinli para sempre. Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, ela está determinada a seguir seu coração.






Todos já devem ter ouvido falar da série "A Seleção", com certeza sim, estão sendo os livros mais comentados de 2016. E é claro, quem ler, quer mais e mais de "A Seleção". Eu, particularmente, sim, quando li o primeiro, quis imediatamente o segundo e todos os outros, li os três primeiros em uma semana, e depois, quando lançaram o quarto e o quinto, que conta a história de Eadlyn (filha da América), fiz questão de comprá-los, e claro, também comprei a antologia, com alguns contos depois de "A Escolha", e como já tinha sido lançado "A Sereia" também comprei-o. 


P.S: O livro "Depois de Você" (Continuação de "Como eu era Antes de Você") que está na imagem, foi comprado junto com os outros, e como a foto foi tirada no dia que eles chegaram, ele esta junto. 

      O livro "A Sereia", conta a história de Kahlen, que estava em um navio, que misteriosamente sofreu um naufrágio. Kahlen, vendo sua vida por um fio, suplica por ajuda. Mas quem poderia ajudá-la? Todos estavam na mesma situação que ela. Mas quem a ajudou foi A Água (Sim, a própria Água que causou o naufrágio). 
      Em troca de sua vida, ela teria que servir A Água sendo Sereia por 100 anos, usando sua voz para atrair pessoas para se afogarem no mar, para saciar a fome e a fúria da Água. Aceitando sua proposta, Kahlen, vira uma sereia, e convive com mais algumas garotas que também foram salvas pela Água.  
        Após 80 anos, Kahlen é uma das irmãs sereias mais velhas e a mais preferida da Água, por sua lealdade e obediência. Mas ela nunca gostou de matar pessoas para servir A Água, e ela guardava um peso enorme em seu coração, por tantas vidas tiradas. 
         Kahlen e suas irmãs, sempre precisavam mudar de um lugar para o outro, pelo fato de não poderem conversar com ninguém, pois suas vozes eram mortais, e para que ninguém desconfiasse de nada do que acontecia. 
            Kahlen era a irmã menos sociável, a que nunca saia para nenhuma festa junto com suas irmãs, ou se enturmava com alguém que fosse. Então, Kahlen conhece Akinli, um garoto simples e gentil, que mesmo sem a garota responder suas perguntas, ele continuava a falar e não se sentia constrangido por conversar com uma garota supostamente "muda". Kahlen se encanta por Akinli, e se apaixona pelo garoto, e o estranho para ela é que ele parecia sentir o mesmo. Mas Kahlen sabe que nunca poderá ter algo à mais com ele, pois A Água não aceita mães e esposas e quem descumprisse a regra, seria punida com a morte.
              O quê Kahlen decidirá a respeito disso? Será que ela arriscará seus últimos anos por um amor? 

Uma menina misteriosa. O garoto de seus sonhos. A Água entre eles.



O que eu achei de "A Sereia"

Maravilhoso.
Desde pequena fui apaixonada por sereias, eu acreditava muito que poderiam existir, e bem, eu ainda acredito (Sim, eu acredito, pode rir, haha), eu vivia vendo filmes de Sereias, eu era e ainda sou muito apaixonada por essas criaturas. Poder ler um livro sobre elas é perfeito. 
Todos sabem que um livro tem seus prós e contras, e, eu não posso deixar de falar nenhum deles, então vou começar com os contras... 
Bem, o primeiro livro que li da Kiera, foi "A Seleção", o primeiro da série, como já citei, e eu não conseguia parar de lê-lo desde o primeiro capítulo, e isso aconteceu com as continuações da série (A Elite, A escolha, A Herdeira e A Coroa). Pensei que com "A Sereia" fosse o mesmo. Acontece que não foi, e fiquei um pouco chateada com isso. O livro foi um pouco lento no início, meio que batia um pouco na mesma tecla... E acabei demorando uma semana pra ler os 8 primeiro capítulos. 
Isso foi o chato do livro, mas é claro que não deixei de lê-lo por causa de coisas tão pequenas como essas. Os prós, eu já citei que ele foi maravilhoso, mas tem mais alguns que eu gostaria de mencionar...
Depois de uma longa semana pra ler os 8 primeiros capítulos, começou o desenrolar da história, ela se apaixonou pelo Akinli, e blá blá blá blá, eu não vou falar, por que não vou dar spoiler... Mas eu vou dizer o que achei, claro! O livro é maravilhoso (Já falei isso duas vezes né? Ok! não tem problema, ele é mesmo). Ele é a demonstração daquele amor que vence tudo, mesmo com tantas dificuldades, a falta de comunicação (Pois a Kahlen não podia conversar), eles ainda conseguiram criar uma proximidade tão grande, mais tão grande, que Kahlen não pode ficar longe da voz de Akinli... O livro é uma história de um amor simples, e a coisa mais linda que existe é aquele amor simples, que surge das coisas mais simples e lindas. É incrível!

Carta da Kiera para os leitores brasileiros



Motivo pelo qual escolhi "A Sereia" para ser minha primeira resenha

O primeiro dos motivos foi que, essa foi minha mais recente leitura.
O segundo deles, não menos importante, foi que eu gostei bastante do livro, eu sempre gostei de Sereias e eu adorei ler algo sobre elas. 

                           


Muito obrigada por lerem. Espero que gostem!!!





Assine a Newsletter para receber as novas publicações. 

Siga e favorite o blog!

Me siga nas redes sociais:





Você pode gostar:

0 comentários